logotipo_snmv_75anos

AVISO PRÉVIO DE GREVE – Médicos Veterinários da DGAV, das Direcções Regionais de Agricultura e Pescas, da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica e dos Municípios

I. O Sindicato Nacional dos Médicos Veterinários (SNMV) vem comunicar ao Primeiro-Ministro, ao Ministro das Finanças, ao Ministro do Trabalho, da Solidariedade e Segurança Social, ao Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, ao Ministro do Ambiente e da Transição Energética, ao Ministro Adjunto e da Economia, à Secretária de Estado da Administração e do Emprego Público, ao Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, ao Diretor-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), ao Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Norte, ao Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Centro, ao Diretor Regional de Agricultura e Pescas de Lisboa e Vale do Tejo, ao Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Alentejo, ao Diretor Regional de Agricultura e Pescas do Algarve, ao Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, I.P (ICNF), ao Inspetor-Geral da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), aos Presidentes das Câmaras Municipais e à Associação Nacional de unicípios Portugueses o seguinte.

II. Nos termos do artigo 57.º da Constituição da República Portuguesa, dos artigos 394.º, 395.º e 396.º da Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas (LTFP) e dos artigos 530.º, 531.º, 532.º, 534.º, 535.º, 536.º, 537.º e 540.º do Código do Trabalho, os Médicos Veterinários da DGAV, os Médicos Veterinários das Direções Regionais de Agricultura
e Pescas, os Médicos Veterinários do ICNF, os Médicos Veterinários da ASAE e os Médicos Veterinários dos Municípios, incluindo Médicos Veterinários Municipais, irão exercer o direito à greve, entre as 00:00 do dia 11 de junho de 2019 e as 24:00 do dia 12 de junho de 2019, sob a forma de paralisação total de trabalho.

III. O objetivo da greve é o seguinte: Revogação do Decreto-lei n.º 20/2019, de 30 de janeiro, que concretiza o quadro de transferência de competências para os órgãos municipais nos domínios da proteção e saúde animal e da segurança dos alimentos, por prejudicar gravemente a saúde pública.

IV. Não se afigura necessário definir serviços mínimos, nos termos do n.º 2 do artigo 396.º e do artigo 397.º da LTFP.

V. O presente aviso prévio de greve não contempla nenhuma proposta de definição dos serviços necessários à segurança e manutenção do equipamento e instalações, referida na primeira parte do n.º 2 do artigo 396.º da LTFP, por não ser necessária.

Lisboa, 24 de maio de 2019,

A Direção do Sindicato Nacional dos Médicos Veterinários

partilhar artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

SNMV 75 anos ao Serviço da Classe Médico-Veterinária

Faça parte. Conheça as vantagens e inscreva-se.