Sistema de Informação de Animais de Companhia – Ações de esclarecimento

Sistema de Informação de Animais de Companhia – Ações de esclarecimento

A detenção responsável e a prevenção do abandono animal engloba, entre outras obrigações, a identificação, registo e licenciamento dos animais de companhia.

O sistema de marcação com um dispositivo eletrónico (“Chip”) e o registo no sistema informático permite estabelecer a ligação do animal ao seu titular ou, quando aplicável, ao seu detentor e local de detenção, possibilitando a responsabilização do titular do animal pelo cumprimento dos parâmetros sanitários e de bem-estar animal.

Como reforço da detenção responsável dos animais de companhia, o Decreto-Lei n.º 82/2019, de 27 de junho instituiu o Sistema de Identificação de Animais de Companhia (SIAC), base de dados oficial em vigor a partir de 28 de Outubro de 2019, que congrega as bases de dados de animais de companhia anteriormente existentes em Portugal, o Sistema de Identificação de Caninos e Felinos (SICAFE) e o Sistema de Identificação e Recuperação Animal (SIRA).

No SIAC, o médico veterinário que tenha marcado um animal de companhia torna-se também responsável pelo registo do animal, ficando assim desde logo assegurada a identificação do seu titular.

A fim de dotar os médicos veterinários do conhecimento das funcionalidades e requisitos de funcionamento do SIAC, vai a Direção Geral de Alimentação e Veterinária, em colaboração com o Sindicato Nacional dos Médicos Veterinários realizar em todo o país ações de divulgação / formação, conforme programa, durante o mês de outubro.

Inscreva-se através do formulário.

Consulte o programa e faça a sua inscrição (gratuita mas obrigatória).

partilhar artigo

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

SNMV 75 anos ao Serviço da Classe Médico-Veterinária

Faça parte. Conheça as vantagens e inscreva-se.